erros-facebook

Os principais erros de quem anuncia no Facebook Ads

Se você pensa em anunciar no Facebook Ads ou já é anunciante e está com dificuldades em vender mais, essa matéria é pra você! Hoje vou falar dos principais erros de quem anuncia no Facebook.

No mês passado eu recebi um e-mail dizendo o seguinte:

Comecei a anunciar no Facebook mas não sei o que fazer para aumentar as vendas, estou tentando vender 5 produtos diferentes para públicos diferentes, mas até agora só gastei dinheiro e não tive nenhum resultado, você pode me ajudar?

Ok, vamos lá…

Nesse e-mail eu identifiquei alguns problemas, essa pessoa está tentando vender vários produtos ao mesmo tempo, o problema que eles são para públicos diferentes.

Aí está um problema, se você está começando a anunciar no Facebook ads, comece apenas com 1 produto, assim você gasta menos dinheiro e consegue realizar mais laboratórios para descobrir o público alvo ideal do seu negócio.

Uma analogia simples é você imaginar uma situação na qual precise equilibrar um prato com o dedo, parece uma atividade um difícil para quem não tem prática, certo? Agora imagine equilibrar um prato em cada mão, consegue entender como essa é uma situação muito mais complicada?

É a mesma coisa com anúncios no Facebook Ads, quanto mais produtos mais difícil para vender, ainda mais quando são para públicos diferentes.

Agora vou listar abaixo os principais erros que anunciantes cometem no Facebook Ads.

Erro n°1 – Não implementar o Pixel do Facebook no site

Esse é o erro principal de quem começar a anunciar no Facebook, esquecer de implementar o pixel do facebook no site, sem ele não é possível mensurar os resultados e nem melhorar a inteligência dele para atrair pessoas mais qualificadas. Eu criei uma matéria explicando como funciona o pixel do facebook.

Erro n°2 – Não ter um objetivo claro da Campanha

Esse é o segundo erro mais comum, montar uma campanha sem ter um objetivo claro é a mesma coisa que rasgar dinheiro. Lembre-se você está comprando tráfego de uma plataforma, antes de investir o seu dinheiro é preciso ter uma estratégia criada.

Vou dar um exemplo prático, vamos dizer que você tem uma loja virtual e deseja criar uma campanha para gerar mais vendas. Na hora de criar a campanha, você seleciona o objetivo de tráfego no lugar de conversões.

O que vai acontecer?

A sua loja virtual vai receber bastante acessos, porém com uma qualidade errada, pois a inteligência do Facebook vai enviar pessoas com perfis de clicar em links mas não realizar compras. Por isso que se você deseja vender mais, a campanha recomendada é a de conversões.

Eu já vi vários erros desse tipo, objetivos errados gastando bastante dinheiro sem ter resultado.

Erro n°3 – Deixar campanhas ativas sem resultados

Esse é outro erro que muitos iniciantes cometem na plataforma de anúncios do Facebook. Deixar campanhas ativas que não tem resultado positivo é queimar dinheiro, porém muitas pessoas cometem esse erro. Vou dar um exemplo prático.

Imagine que você está vendendo um produto que custa R$ 79,90 e quer anunciar no Facebook, ok?

Aí você cria uma campanha de conversão, seleciona um público alvo e investe R$10,00 por dia. Após isso, você começa a acompanhar o anúncio, certo?

Conforme os dias passam, você começa a perceber que o anúncio não está vendendo ou está com resultado negativo (o custo de investimento é maior que a receita gerada).

E é aqui que começa o problema, muitas pessoas resolvem deixar a campanha ativa e torcer para vender nos próximos dias, eu chamo isso de “Marketing de Esperança”. Se você não analisar a campanha e tentar identificar o que está errado na campanha, você vai queimar muito dinheiro.

Eu costumo dizer que criar campanhas pagas tem que seguir o seguinte padrão:

  • Criar
  • Analisar
  • Interpretar
  • Otimizar
  • Mensurar

Erro n°4 – Segmentação errada

Esse erro é clássico, e infelizmente quem está começando comete ele na maioria das vezes. Se você errar na segmentação da sua campanha, vai mostrar anúncios para pessoas que não tem interesse, com isso a qualidade do seu anúncio será baixa e não terá retorno do investimento.

Se você está começando agora a anunciar e não tem clareza do seu público alvo, quem são os seus clientes, você pode criar um anúncio mais amplo com pouco dinheiro e conferir no analytics do Facebook os dados das pessoas que estão interagindo com o seu anúncio.

Lá você consegue ter uma ideia sobre a idade, gênero, local e outras informações sobre as pessoas. Outro dica interessante é você criar um anúncio CBO (otimização nível de campanha) e testar alguns públicos nele, assim a inteligência do Facebook te ajuda a encontrar o melhor público.

Erro n°5 – Não realizar um laboratório de campanha

Eu explico aqui no blog como funciona essa estratégia de laboratório, basicamente você separa uma verba apenas para testar públicos, copy e criativo dos anúncios, depois que terminar o laboratório você tem a melhor combinação e começa escalar com performance.

Bom pessoal, espero ter ajudado com um pouco do meu conhecimento, qualquer dúvida, deixe aqui nos comentários.

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Empresas
Guilherme Rafael

Marketing Digital e a LGPD

Em 14 de agosto de 2018 foi sancionada a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), lei n°13.709/2018, pelo presidente Michel Temer. A LGPD

LER POST »